Mudança!

Tenho desejado um belo vinho. Ou somente uma refeição decente.
Tenho desejado ler e escrever, como de costume.
Tenho desejado uma noite de sono.

Mas… esta semana, na sequência de uma semana tão cheia de vinhos, está e vai continuar sendo pesada. Um mudança para o apartamento da frente, com toda a dor de cabeça que isso pressupõe. Horários de almoço e horas de descanso e sono despendidas em transferir o todo, que não é tanto, mas é bastante coisa.

De certa forma esta mudança, que está sendo um belo transtorno, é também uma forma de repensar, de finalmente avaliar tudo que literalmente entulhamos sem nem perceber. Hora de jogar no lixo o que é lixo, e deixar aparecer aquilo que realmente tem valor.

A metáfora da mudança sempre me faz bem. Como em ciclos.
A adega já está em seu novo lugar, e espero que algumas mudanças nela também ocorram! Bem, pelo menos o vinho do open house já está escolhido! 😀