Afros 2009: Um verde versátil

Os vinhos verdes ainda tem um espaço bastante restritos nas prateleiras e na mesa dos brasileiros o que não deixa de ser uma contradição dada a imensa facilidades em bebê-los, me refiro aos brancos, no nosso clima.

O vinho: Afros 2009 – Casa do Paco Padreiro

Esse vinho verde, elaborado com a casta portuguesa loureiro, é bastante aromático e em nada se parecendo com os “brancos-padrão”, sendo uma ótima opção para quem quer variar dos sauvignon blanc de sempre com mais complexidade. Lembrou-me a torrontés em carga aromática e retrogosto, acidez boa apesar da certa idade, refrescante, mas não senti as “agulhas” típicas dos verdes. É um vinho verde com alcool acima da média desses vinhos, 12 graus. Aromas mais maduros com um toque de mel também, bastante fácil de beber e acompanharia muito bem comida, na verdade não tenho dúvidas que é um vinho gastronômico: mais uma oportunidade para degustação deste rótulo.

* R$ 59 www.ibizagourmet.com.br

PORTUGAL

4 ideias sobre “Afros 2009: Um verde versátil

Comentários encerrados.