Voltando ao foco!

20120421-184711.jpg

Por vezes é necessário, na vida e nos vinhos, uma oxigenação de idéias. Um período de reclusão faz-se necessário para reafirmar conceitos e valores. Nos últimos dias fomos bombardeados por notícias e discussões sobre as “salvaguardas”, que a meu ver nos fizeram esquecer um pouco o foco: o vinho.

Sou contra as salvaguardas e contra o fomento do boicote ao vinho nacional. Sou a favor do consumo seletivo e individual: cada um ESCOLHE o que consumir num ambiente de concorrência legítima, sem a criação de barreiras e subsídios.

Diante desse período de reclusão, e tantos outros acontecimentos, posso crer que dicotomias devam ser evitadas. Por vezes são essenciais, e a base das grandes revoluções, porém na maioria das vezes trazem apenas desgaste: a criação de dilemas vazios, sem evolução da essência, do pensamento e do ser humano.

Às vésperas da ExpoVinis Brasil estou ansiosa pelas apresentações, pelo aprendizado, pelo compartilhamento, pela descoberta. E por trazer de volta a pauta gerada nesse período de hibernação.

De volta aos pensamentos soltos sobre o vinho!
Saúde!