Novo curso: ABS/BA e Wine Academy

“O sommelier não precisa entender somente de vinhos, mas do serviço completo. Do aperitivo ao café.” José Santanita

Ontem teve início, em Salvador/BA, a primeira edição do curso de Sommelier Avançado, realizado pela ABS-Bahia e apoiado pela Wine Academy/Portugal. O curso tem duração de 6 meses, 120h de aulas teóricas e práticas.

Olha, se antes havia a apreensão, afinal de contas o aprendizado no mundo do vinho sempre gera aquela expectativa de “vou mesmo aprender?”, ontem ficou a sensação de que vai ser de fato uma grande experiência.

José Santanita conduz a turma com uma voz calma e carregada da sua experiência de vida ligada ao vinho, e uma didática ímpar. Sem qualquer afetação. Foca na história e no serviço do vinho com a mesma propriedade. E me pareceu gostar de questões polêmicas, o que sem dúvida aprimora o aprendizado!

A ABS-BA foi muito feliz ao escolher essa parceria para o curso de sommelier. Acredito que o respeito às tradições deve ser sempre o ponto de partida para qualquer aprendizado “progressista” no mundo dos vinhos.

Só posso resumir a noite de ontem com duas palavras: curiosidade e expectativa. E se existem duas palavras que fazem meus olhos brilhar são estas duas, juntas! 😉

Degustação: Viña El Principal

Dia 28/11/11 aconteceu no Hotel Vila Galé, em Salvador/BA, uma degustação dos vinhos da vinícola chilena El Principal localizada no Vale do Maipo. A degustação foi organizada pela ABS, seção Bahia.

Na presença do diretor técnico da vinícola, Gonzaga Guzmán Cassanello, que discorreu um pouco sobre os processos utilizados na escolha das cepas, na colheita, na vinificação, assemblages, terroir, envelhecimento, etc, foi realizada a degustação de 4 rótulos da vinícola.

  • AUQUI: Sauvignon Blanc. Safra 2010. R$ 55(*)
  • CALICANTO: 56% Cabernet Sauvignon, 42% Carmenere, 1% Cabernet Franc, 1% Petit Verdot. Safra 2009. R$ 86(*)
  • MEMORIAS: 80% Cabernet Sauvignon, 20% Carmenere. Safra 2007. R$ 117(*)
  • EL PRINCIPAL: 83% Cabernet Sauvignon, 17% Carmenere. Safra 2006. RP: 92 pts. R$ 245(*)

O AUQUI pra mim foi o vinho da noite. Bastante frutado, boa acidez. Mostrou-se um bom exemplar da casta.

Os tintos são bastante potentes, o que é de se esperar em assemblages de CS e Carmenere, mas eu diria que faltou elegância. Muito alcoólicos, o que prejudicou bastante o olfato. Vinhos de corpo médio com taninos presentes, mas agradáveis. São melhores na boca do que no nariz. Ouso dizer que o EL PRINCIPAL decepcionou, não deixou “muito claro” por que é o vinho TOP da vinícola.

Percebemos nesta degustação que a vinícola tem um trabalho bastante sério, uma busca incansável por retirar o melhor daquele terroir, corroborando para a gama de boas vinícolas do Chile.

(*) Os vinhos degustados estão a venda na VINDE VINHOS (Salvador/BA).